Saiba quanto cobrar pelo trabalho de marketing digital

Uma pergunta comum em nossos treinamentos é: Quanto cobrar pelo trabalho de marketing digital? Como esse ainda é um segmento relativamente novo, a pergunta faz todo o sentido.

Não existe uma fórmula mágica ou resposta que satisfaça a todas as situações. Falar em um valor X seria uma temeridade, já que cada cliente possui demandas específicas que para serem atendidas necessitarão de ações próprias. Portanto, não existe um número mágico a ser apresentado.

Decidir o quanto cobrar pelo trabalho em marketing digital é uma questão que precisa ser muito bem analisada para que você não acabe cometendo erros que podem acabar comprometendo sua carreira e negócios futuros.

Esse valor irá variar em função da sua estratégia de mercado, seus custos operacionais e de quanto você pretende que seja a remuneração efetiva pelo seu trabalho.

Para lhe ajudar a determinar esse valor, vamos discutir alguns aspectos desse cálculo.

Defina sua estratégia de mercado

Antes mesmo de se perguntar sobre quanto cobrar pelo trabalho de marketing digital, você deve definir de forma clara, qual será sua estratégia de atuação no mercado.

Se você já tem um nome como consultor de marketing digital, a estratégia é uma, mas se você está começando sua carreira agora, a estratégia é outra completamente diferente.

Como no dia a dia do marketing digital, ter um plano de ação bem definido é essencial para o sucesso neste mercado, portanto, planeje sua carreira antes de sair por ai distribuindo orçamentos.

Defina em que áreas você está realmente qualificado para atuar de forma diferenciada e invista pesado nelas. Não tente ser um “especialista em tudo” porque todos nós sabemos, que isso, nos dias de hoje, é simplesmente impossível.

É que é caro e o que é barato?

Uma pergunta que muita gente se faz é se o preço que está cobrando pelo trabalho em marketing digital está barato ou caro.

Em se tratando de marketing digital, não existe nada caro. A única coisa que é cara é o marketing que não entrega resultados, não entrega ROI – Return of Investment. Isso sim, é tremendamente caro para qualquer empresário.

Não é pelo fato de você estar começando sua carreira em marketing digital agora, que você terá que cobrar preços irrisórios ou então bem abaixo da realidade do mercado. A sua remuneração deverá ser proporcional ao serviço oferecido e o resultado que você poderá trazer.

Um erro muito comum de quem está começando agora é achar que por cobrar um preço muito abaixo do mercado, irá conquistar clientes. Muito pelo contrário, poderá até mesmo perder alguns mais criteriosos justamente por estar praticando um preço que eles sabem que está muito aquém do praticado pelo mercado.

Quando você está começando, em algumas situações, vale a pena cobrar um pouco mais baixo pelo seu serviço em marketing digital, para conseguir os primeiros cases do seu portfólio, mas nada que torne seu preço aviltante.

Se você já é um profissional conhecido, com um bom histórico de casos de sucesso em seu histórico, o preço deve ser o praticado pelo mercado, ou até maior, dependendo do diferencial que você possa oferecer em relação aos seus concorrentes.

Para que você não fique sem parâmetros, vale a pena dar uma olhada no Manual de Preços e Serviços Digitais da ABRADI. Não se trata de uma “tabela”, principalmente porque você deve respeitar as diferenças regionais, mas para ter uma ideia de quanto cobrar pelos serviços em marketing digital, serve como referência.

Calcule seus custos operacionais

Outra coisa a ser levada em consideração são seus custos operacionais. Já vi muita gente achar que estava ganhando algum dinheiro, e depois descobrir que na verdade estava pagando para trabalhar.

Faça um levantamento minucioso dos seus curtos operacionais como:

  • Custo de locação ou oportunidade de negócio do ambiente de trabalho
  • Tarifas de serviços como internet, contador e outros
  • Custos de softwares e ferramentas de marketing digital
  • Impostos e outros encargos

Não adianta falar em bancar um prejuízo no início, pois isso não funciona. Se você quer saber o quanto cobrar pelo trabalho de marketing digital, descubra primeiro o quanto custa prestar esse serviço.

Uma boa dica sobre redução de custos é o trabalho como consultor de marketing digital em home office, uma prática cada vez mais comum no Brasil, depois de ser consagrada como tendência mundial.

Com a tecnologia que temos hoje, isso é mais que viável e muitas pessoas estão abraçando essa alternativa para minimizar custos e com isso serem mais competitivas, e além disso, ganhar em termos de qualidade de vida.

O quanto você quer ganhar com o trabalho em marketing digital?

Chegou a hora de decidir e calcular o quanto você deseja ganhar com o seu trabalho em marketing digital.

Em primeiro lugar, defina um número e se comprometa com esse objetivo. Como em campanhas de marketing online, precisamos ter uma mata.

O quanto cobrar pelo trabalho de marketing digital para satisfazer suas necessidades e ambições? Esse é o número.

A sua última remuneração com carteira assinada, pode ser uma referência inicial, mas não se satisfaça com isso.

Se você vai assumir os riscos de trocar a estabilidade(?) de um emprego fixo pelo desafio de ser um empreendedor digital, precisa ser remunerado por assumir este risco.

São oito horas por dia durante vinte dias por mês, se você não quiser trabalhar nos finais de semana. Portanto o cálculo é:

  • Horas trabalhadas por mês = 160
  • Custos operacionais, digamos R$ 1.000
  • Resultado líquido desejado = R$ 5.000 Reais

Valor da Hora  =  Resultado Desejado + Custos Operacionais / Horas Trabalhadas

Nesse caso, se forem cobrados R$ 37,50 por hora trabalhada, o resultado final será o que você deseja. Parece simples, mas não é.

A sua competitividade estará vinculada a sua capacidade de otimizar seus serviços, com auxilio de rotinas automatizadas e muita integração entre as diversas plataformas de marketing online.

Determinar quanto cobrar pelo trabalho de marketing digital é uma verdadeira arte, pois você precisará conciliar custos e oportunidades de trabalho, e isso nem sempre é muito fácil.

 Leia o artigo Quanto Cobrar Pelo Trabalho em Mídias Sociais

Em nossos cursos de marketing digital chamamos atenção dos participantes, quando abordamos a questão de quanto cobrar pelo trabalho em marketing digital,  que não existe um valor padrão a ser cobrado, pois cada projeto possui uma característica própria, demandando ações diferentes que acabam por geral custos diferenciados.

Agora que você já tem uma ideia de quanto cobrar pelo trabalho de marketing digital, basta rever suas rotinas e avaliar os reais custos dos seus serviços como consultor de marketing digital. mantenha-se atualizado assinando a nossa Newsletter.

By Published On: 12 de junho de 2017Categories: Carreira em Marketing Digital

15 Comments

  1. Maycon alberto 7 de julho de 2020 at 07:00 - Reply

    Gostei muito do artigo comecei agora pouco no mercado de afiliado mais sem resultados no momento

  2. Erivaldo Cassiano 12 de junho de 2020 at 12:02 - Reply

    Gostei muito de seu artigo falando sobre quanto cobrar pelo trabalho de marketing digital , me ajudou bastante.

  3. Fábio Augusto 15 de outubro de 2019 at 20:16 - Reply

    Belo Artigo, Muito bem explicado, fez-me entender que meu trabalho é muito mais valioso do que estou cobrando.

  4. Michele 28 de novembro de 2018 at 11:20 - Reply

    Olá!
    Me chamo Michele e estou iniciando uma Assessoria de Marketing com um amigo e nos pegamos exatamente na questão de precificação, pois os clientes que estamos atendendo são MEI ou pequenas empresas com no máximo 10 funcionários e não dá pra cobrar esse valor da matéria.Tem uma cliente que só consegue me pagar $100 por semana onde a atendo 1x e me paga mensalmente, neste trabalho inclui revisão de seu site, criação de arte para publicação de seus serviços nas redes sociais e monitoramento das mesmas agendando publicação das matérias, sei que estou trabalhando de graça, porém ela que está me indicando seus clientes, mas não tem como sobreviver cobrando o mesmo valor.
    Se possível, gostaria de trocar ideia sobre esse ponto, deixo meu email para quem quiser entrar em contato e conversar melhor e me orientar também jobsdemich@hmail.com.
    Abraço!

    • Alberto Valle 28 de novembro de 2018 at 19:22 - Reply

      Olá Michele

      Sou consultor de marketing digital há mais de 10 anos e tenho uma posição muito clara sobre a questão da precificação do serviço. O trabalho em marketing digital tem sim os seus custos, como SEO do site, redação dos artigos do blog, anúncios no Google Ads, desenvolvimento de arte para as diversas campanhas, impulsionamento de publicações nas redes sociais, e a remuneração da agência.

      Se o cliente, por um motivo ou por outro não pode pagar, infelizmente não podemos prestar o serviço. O marketing digital é parte integrante da cadeia produtiva. Será que este cliente diria a mesma coisa para seus fornecedores e colaboradores? No mundo digital, como no mundo físico, a equação é muito simples e todos nós conhecemos: Se você não tem dinheiro para pagar um serviço, não vais ter este serviço.

      Muita gente cai na armadilha de achar que se ganha dinheiro em uma agência, apostando na quantidade de clientes, mas não é este o caminho. A rentabilidade de uma agência é conquistada através da qualidade dos clientes. Se você aviltar o valor do seu trabalho, não vai ser capaz de entregar o que prometeu, o que vai causar um enorme estrago na imagem da sua empresa.

      No seu caso, como este cliente está lhe rendendo novos contatos, até mesmo por uma questão estratégica, talvez você possa mantê-lo e ganhar dinheiro através de suas indicações, desde que você cobre o preço justo nestes outros contratos.

      Finalizando, eu costumo dizer que marketing digital sem investimento, é como tentar soltar pipa sem vento. Não decola.

      Um grande abraço e sucesso!

      Alberto Valle
      Diretor e instrutor da Academia do Marketing

  5. Marcelo Santos 11 de novembro de 2017 at 06:18 - Reply

    Adorei esse artigo, é exatamente o que estava procurando, estava quebrando a cabeça para precificar os meus serviços, obrigado!

  6. LUCIENE SANTOS 2 de novembro de 2017 at 09:58 - Reply

    PESSOAL, O MEU CASO É COISA SIMPLES. COMO ESTOU ESTUDANDO O MÁXIMO QUE POSSO SOBRE ANÚNCIOS PELA INTERNET, SE IREI GANHAR PELO TANTO QUE MEU CLIENTE CONSEGUIR CONVERTER EM VENDAS DENTRO DO SEU BLOG, QUE SEJA VINCULADO AO MEU ANÚNCIO, COMO POSSO TER ESSE CONTROLE? VCS CONHECEM ALGUM, CONTEÚDO SIMPLES QUE POSSA ME ORIENTAR? FICO GRATA POR QUALQUER AJUDA. OBRIGADA

    • Academia do Marketing 3 de novembro de 2017 at 10:20 - Reply

      Olá Luciene

      A solução é simples. Você poderá fazer este controle através de um sistema de programa de afiliados, ou então pelo próprio Google Analytics.

      Um grande abraço

      Alberto Valle

  7. Sergio Santos 8 de agosto de 2016 at 18:28 - Reply

    Eu não abro mão de cobrar a média de R$ 38,00/hora + todo o material que produzo na área de designer. Afinal, não formamos para ficar ralando de graça!

  8. Bárbara 16 de julho de 2016 at 02:48 - Reply

    Eu peguei um job como Social Media, mas nunca trabalhei apenas com essa tarefa. A empresa me pagará um valor x, mensal. A grande questão é: eles não me ofereceram um valor, pediu que eu apresentasse o valor. Vou trabalhar apenas com a interação(Facebook e Instagram) e envio de formulários por e-mail.
    Então, quanto devo cobrar?

    • Academia do Marketing 19 de julho de 2016 at 11:17 - Reply

      Olá Bárbara

      A resposta para a sua pergunta está no texto desse artigo. Basta você determinar os seus próprios valores e aplicar a fórmula que propusemos.

      Um grande abraço e sucesso

      Equipe Academia do Marketing

  9. João Sergio da Silva Junior 24 de junho de 2016 at 15:09 - Reply

    Ótima matéria……hoje trabalho como adm de fanpage de clientes, além de impulsionar vendas pelo face ads minha maior briga é com o custo por envolvimento ,porém tenho algumas técnicas para face ads, foi este o motivo que me fez dar consultoria e sucesso total.

  10. Nathan Araujo 17 de dezembro de 2015 at 18:57 - Reply

    Para quem está começando é a maior dúvida. Alguns deixam de corar o justo pelo fato de estar começando. Mas basta ter certeza do que faz e cobrar o justo para não se arrepender depois.

  11. Bruno Roberto 14 de maio de 2015 at 13:59 - Reply

    Ótimo artigo! vejo muita gente iniciando no ramo, quem dera que todos pensasse como você, cobrar um valor justo, gostei da parte que você mencionou sobre nao cobrar preço muito baixo, pois estará desvalorizando o trabalho. Parabéns mesmo.

Leave A Comment

Últimas Publicações do Blog